HISTÓRIA DE FAMÍLIA NA ERA DIGITAL

Um guia para montar uma Árvore Genealógica com ferramentas digitais e suas soluções inteligentes

Introdução:

Você já parou para pensar no tecido belíssimo e raro que é a história da sua família? Vale a pena recuperar os fios soltos e ir reconstruindo as cores, texturas e pinturas contidas neste entrelaçar fabuloso de vidas. São costuras, bordados, nós e todo o tipo de ponto que formam um corte único dentro de todas as comunidades familiares plantadas pelo Criador. Descubra, neste artigo, como ferramentas tecnológicas podem ajudá-lo a desvendar essa história passo a passo, de forma facilitada.

Cada um de nós faz parte de uma série de fatos interconectados que se estendem por meio de gerações. Com a ajuda da tecnologia e de ferramentas digitais bastante fáceis de usar, desvendar essas histórias e construir uma árvore genealógica tornou-se bastante acessível e envolvente do que nunca, democratizando um tipo de memória familiar que durante muito tempo ficou muito restrita a grupos mais cultos e até das linhagens nobres, tanto no ocidente quanto no oriente.

Naquela oportunidade, a nobreza e a condição abastada das pessoas induziu à recomposição das biografias e genealogias familiares. Agora, porém, é a valorização da história familiar que traz nobreza e valor para todas as famílias. Vamos explorar como você pode usar ferramentas simples para trazer à vida a história da sua família.

Passo 1: Coletar Informações é o início da jornada

A base de qualquer árvore genealógica é a informação, por isso, vale a pena ter uma estratégia correta de levantamento dos dados que serão úteis ao conhecimento e reconstrução das histórias. Converse com familiares, colete nomes, datas e histórias. Mesmo os detalhes podem revelar grandes histórias. Armazenar essas informações pode parecer desafiador, mas aqui entra o primeiro aliado tecnológico: são os cadernos de anotação, aplicativos de anotação, de organização das tarefas e as planilhas que permitem construir bancos de dados muito úteis.

Uma dica interessante é ser assertivo nessas conversas, identificando na família os principais parceiros, que são aqueles parentes ou amigos que gostam das recordações familiares e já tem uma experiência de reflexão, o que pode adiantar bastante o levantamento dos saberes e dados procurados, bem como memórias e casos interessantes.

Com sua estrutura flexível, você pode facilmente organizar nomes, datas e relações, criando uma base sólida para sua pesquisa.

  • Descrição do passo: inicie conversando com familiares e coletando informações valiosas. Anote tudo o que puder, desde histórias até datas e locais. Todas as pessoas são importantes e podem trazer informações valiosas, mas há aquelas pessoas-chave que já têm um saber reunido sobre a história da família. Estes serão seus principais parceiros nessa empreitada.
  • Ferramentas Úteis: Caderno de anotações ou aplicativos de anotação digital para ir fazendo um repertório com as informações. Em alguns casos, podem até ser feitas gravações em áudio ou em vídeo por meio de equipamentos populares como os smartphones.
  • Links Úteis: Evernote,Google Keep

Passo 2: Organizar os dados com o Excel

Após coletar os dados, é hora de organizá-los de maneira que faça sentido. O Excel é uma ferramenta fantástica para isso, permitindo que você crie uma estrutura clara e acessível. Aqui, cada pedaço de informação encontra seu lugar, ajudando a desenhar as conexões familiares.

Uma forma interessante é criar planilhas a partir dos nomes das pessoas compondo cada linha e a cada coluna abre-se algum atributo ou característica daquele indivíduo, como data de nascimento, de falecimento (caso seja uma pessoa que viveu há muitos anos), profissão, cônjuge, filhos, local de morada, nacionalidade, dentre outras. A criatividade de cada pesquisador fornecerá novas colunas com informações interessantes para serem registradas.

  • Descrição: Use o Excel para organizar as informações de forma estruturada. Crie colunas para nomes, datas, relações e quaisquer outros detalhes relevantes.
  • Ferramenta Útil: Microsoft Excel; podem ser usadas também outros programas que possuem o recurso tabela, como o Microsoft Word, que é um editor de texto bem conhecido. Aqui estamos dando dicas de tecnologia que facilitam, mas em algumas situações é possível trabalhar organizando os dados, por meio de registros manuais em uma folha de caderno.

Passo 3: Desenhar um visual criativo com PowerPoint e Canva

Com as informações em mãos, o próximo passo é dar vida a elas. O PowerPoint e o Canva são ferramentas incríveis para visualizar sua árvore genealógica. O PowerPoint oferece recursos de SmartArt para criar uma estrutura hierárquica, enquanto o Canva permite adicionar um toque criativo com seus modelos e ferramentas de design. O resultado é uma representação visual cativante de sua história familiar.

  • Descrição: Transforme os dados em uma árvore genealógica visual usando PowerPoint para estrutura e Canva para personalização.
  • Ferramentas Úteis: PowerPoint para o esboço inicial e Canva para design final. Cf. a plataforma está no link:https://www.canva.com. No Canva, pode-se procurar pelos termos “árvores genealógicas” ou “Family Tree”. Outra ferramenta bastante interessante para a construção de árvores genealógicas de forma digital, tendo ainda outros acessórios e recursos interessantes, é a plataforma MyHeritage, no link:https://www.myheritage.com.br/

Passo 4: Digitalizar manuscritos com agilidade

Em muitos casos, temos documentos antigos ou notas manuscritas como parte do nosso legado familiar. Aqui, o Google Lens pode ser um excelente recurso, digitalizando rapidamente esses documentos e transformando-os em texto editável. Isso não só preserva o material histórico, mas também facilita compartilhá-lo com outros membros da família.

  • Descrição: Digitalize documentos antigos ou notas manuscritas com o Google Lens, transformando-os em texto editável.
  • Ferramenta Útil: Google Lens. Outra ferramenta bem interessante é o Pen to Print, que possui a especialidade em digitalização, com vários recursos, sendo até mais robusto para esta tarefa que o Lens. Veja esta ferramenta no link: https://www.pen-to-print.com/. O bom dessas ferramentas é que possuem também aplicativos para uso em Smartphones.

Conclusão:

Construir uma árvore genealógica é uma viagem emocionante pelo passado e possibilita um manancial de descobertas que nutrem e podem trazer ainda mais união para as famílias que se amam. Com estas ferramentas e passos, você está pronto para explorar as histórias da sua família e compartilhá-las com gerações futuras. Imaginem quão interessante será compartilhar o resultado desse trabalho com seus parentes, com as crianças, idosos, mulheres, enfim, com todos, e especialmente com aqueles que colaboraram com a pesquisa, trazendo informações e conhecimentos que foram valorizados de forma positiva e alegre.

Atuar em um projeto, ainda que pequeno, de construção de uma árvore genealógica na própria família ou mesmo como um serviço prestado, é mais do que um exercício de coleta de dados; é um ato de amor e conexão. Ao unir as peças do passado, nós não apenas honramos nossos antepassados, mas também fornecemos um legado valioso para as gerações futuras e, acima de tudo, possibilitamos mais integração para aqueles que, no tempo presente, compartilham a vida. A tecnologia, nesse contexto, é uma ponte entre as gerações, permitindo que a história familiar seja preservada e apreciada de maneira moderna e acessível.

Encorajamos todos a iniciar essa jornada fascinante. Com a ajuda da tecnologia e com os recursos da historiografia, a trajetória da sua família está apenas esperando para ser descoberta e compartilhada.

Confira aqui um vídeo explicativo sobre a elaboraçaõ de uma árvore genealógica:






Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.